ÚLTIMASNOTÍCIAS

Ele tem “muito carinho” pelos meninos

A 5SOS ama o The 1975. Você se lembra de quando eles falaram sobre como eles são “importantes” para as novas bandas e coisas assim? Então, obviamente, quando o vocalista do The 1975, Matty Healy, disse que sua banda não é uma “moda passageira”, apesar de dividir fãs com a 5SOS, e todo mundo ficou confuso. SERÁ que não há nenhuma confusão aqui?

Bem, agora Matty usou o Twitter para negar que tenha jogado shade com o tal comentário da [banda] “moda passageira”, admitindo que ele tem “muito carinho” pelos meninos.

Respondendo a um fã que perguntou: “Por que você diria alguma merda sobre a 5SOS? Eles nunca fizeram nada além de elogiar você, agora você fez papel de ridículo”, Matty disse: “WOW, eu nunca faria isso! Eu acho que devo ter me referenciado a demografia levemente mais jovem deles. Muito carinho @5SOS!”

GRAÇAS A DEUS!

Isso tudo aconteceu depois de Matty insistir que o The 1975 não é uma “moda passageira”, em uma entrevista para a MTV: “Uma das coisas que eu amo sobre o The 1975, e que percebi recentemente, é que somos meio que essa banda de porta de entrada. Bandas de “porta de entrada” costumavam existir, mas normalmente eram meio merdas… você sabe, bandas que ficaram entre a cena verdadeiramente alternativa e o mercado mainstream.”

“Uma banda flexível e fácil para as crianças fazerem a transição entre Backstreet Boys e a porra do Cannibal Corpse ou o que quer que seja. Com a gente, é claro que vamos ter [um público] com muitas crianças que gostavam, sei lá, de 5 Seconds of Summer. Eles entram [nesse público] e percebem: eu posso ficar aqui. Eu posso crescer com essa banda. Essa não é uma moda passageira. Esse não é o Backstreet Boys. Não estão mandando vocês gostarem de nós.”

O que você acha disso? Ficou agradecido por tudo estar esclarecido?

Fonte: Sugarscape
Tradução/Adaptação: Equipe 5SOS Brasil

Estamos tão prontos para isso

Preparem-se para comemorar, porque nossos australianos preferidos estão de volta. A 5 Seconds of Summer compôs um “um som incrível” com uma banda de Rhode Island chamada Trophy Wives e nós precisamos dele, tipo, para ontem.

O produtor e fundador do Goldfinger John Feldmann compartilhou uma foto em estúdio no Insta, confirmando a sessão de gravação que havíamos comentado no outro dia.

Ashton também postou uma foto da sessão de gravação, com a legenda “É uma festa.” Beeeeem, da próxima vez podemos ser convidados também, por favor, hun?

It's a party.

Uma foto publicada por アシュトン A S H T O N (@ashtonirwin) em

E a Trophy Wives também compartilhou uma foto do estúdio, agradecendo os meninos da 5SOS: “Obrigado por toda a ajuda ontem, caras.”

Thanks for all the help yesterday dudes! 🤘🏼 @calumhood @ashtonirwin Photo: @dillondanforth #5SOS #TrophyWives

Uma foto publicada por Trophy Wives (@trophywivesri) em

Isso tudo aconteceu depois de Ash falar sobre a faixa dos rapazes para a trilha sonora de “Ghostbusters”, “Girls Talk Boys”, em uma entrevista ao Daily Mail Australia: “A música é simplesmente fantástica e também se encaixa no caminho em que o som da banda está indo. Estamos tão animados para os fãs ouvirem o novo rumo da nossa música.”

Então, há definitivamente coisas novas a caminho!

Fonte: Sugarscape
Tradução/Adaptação: Equipe 5SOS Brasil

Michael Clifford e sua namorada Crystal Leigh se dirigem para o aeroporto para embarcar em um voo com destino para fora da cidade na sexta-feira (25 de junho) em Sydney, Austrália.

O integrante de 20 anos de idade da 5 Seconds of Summer está indo em direção aos Estados Unidos com Crystal para começar a fase norte-americana da turnê da banda.

A 5SOS fará shows nos Estados Unidos, Canadá e México, até o final de setembro, antes de voltar para a Austrália para encerrar a turnê.

  
+: Mais imagens

Fonte: Just Jared Jr

Tradução/Adaptação: Equipe 5SOS Brasil

Atrevido

Nosso amor por The 1975, Matty Healy e 5 Seconds of Summer não tem limites, e é por isso que iremos comprar uma daquelas luzes de LED para combater todo esse shade.

Em maio, Ashton Irwin da 5SOS usou o Twitter para elogiar o The 1975 pela ajuda que a banda está dando para novas bandas, escrevendo: “The 1975 tem sido muito importante para as bandas que estão surgindo! Estou tão feliz que eles existem e que estão ajudando a abrir o caminho para novas bandas.”

Foi um grande elogio, vimos um bromance improvável nascer e já estávamos fazendo camisetas com o nome do ship deles.

E é por isso que os últimos comentários de Matty para a MTV são um pouco confusos para nós, já que ele diz que os fãs do The 1975 também gostam da 5SOS, mas que eles não são “uma moda passageira”. Espera, o que?

Ele comentou: “Uma das coisas que eu amo sobre o The 1975, e que percebi recentemente, é que somos meio que essa banda de porta de entrada. Bandas de “porta de entrada” costumavam existir, mas normalmente eram meio merdas… você sabe, bandas que ficaram entre a cena verdadeiramente alternativa e o mercado mainstream.”

“[Uma banda de “porta de entrada” é] Uma banda flexível e fácil para as crianças fazerem a transição entre Backstreet Boys e a porra do Cannibal Corpse ou o que quer que seja.”

“Com a gente, é claro que vamos ter [um público] com muitas crianças que gostavam, sei lá, de 5 Seconds of Summer. Eles entram [nesse público] e percebem: eu posso ficar aqui. Eu posso crescer com essa banda. Essa não é uma moda passageira. Esse não é o Backstreet Boys. Não estão mandando vocês gostarem de nós.”

Então, é shade ou não é shade?

Fonte: Sugarscape
Tradução/Adaptação: Equipe 5SOS Brasil

Eles fizeram o Desafio do Vegemite e nós ficamos bastante animados

Sejamos honestos, o 5SOS torna até as coisas mais mundanas atraentes. Andar. Sentar. Respirar. Não é nem um pouco surpreendente que eles tornaram o ato de espalhar manteiga e Vegemite na torrada algo incrivelmente excitante, e esse fato aconteceu em um programa de TV recentemente.

DEIXE-ME SER A SUA TORRADA, CUBRA-ME DE MANTEIGA. Desculpe-me, mas eu disse isso muito alto?

Ashton, Luke, Calum e Michael apareceram no programa The Morning Show enquanto estavam em sua terra natal “ozzie ozzie ozzie oi oi oi” (sim, estamos falando da Austrália) para falar sobre a turnê e a recente parceria feita com a marca de pasta mais famosa da Austrália, o Vegemite.

E nada melhor para celebrar essa parceria do que fazer os meninos participarem do Desafio do Vegemite. O desafio consistia em passar a quantidade ideal de Vegemite em uma torrada (que deveria estar bem fria).

Bom, é isso aí. Assistam ao vídeo completo abaixo e preparem-se para se sentirem bastante animados com o ato de espalhar deles.

Outros destaques do vídeo foram: a maneira como o Luke utilizava a faca (por que é tão sexy?), o Ashton ajudando o Lukey a arrumar o seu chapéu, o Mikey e o jeito que ele mexia no suéter, e absolutamente tudo sobre o Calum. APROVEITEM.

Câmbio e desligo, leitores. Câmbio e desligo.

Fonte: Sugarscape
Tradução/Adaptação: Equipe 5SOS Brasil

Matt Healy, vocalista do The 1975, não tem filtro, e seus comentários controversos já o colocaram em problemas antes – desde implorar para Justin Bieber “parar de falar sobre coisas sem importância” até admitir que se sentiria “castrado” se namorasse uma mulher poderosa como Taylor Swift. Mas apesar das tentativas de se esclarecer e admitir que tem uma tendência de “falar demais”, Healy não mostrou sinais de que abrandaria as suas palavras, e disse recentemente que a banda pop-rock 5 Seconds of Summer não é nada mais que uma moda passageira fabricada.

“Uma das coisas que eu amo sobre o The 1975, e que percebi recentemente, é que somos meio que essa banda de porta de entrada. Bandas de “porta de entrada” costumavam existir, mas normalmente eram meio merdas… você sabe, bandas que ficaram entre a cena verdadeiramente alternativa e o mercado mainstream. Uma banda flexível e fácil para as crianças fazerem a transição entre Backstreet Boys e a porra do Cannibal Corpse ou o que quer que seja”, Healy disse durante um perfil profundo para a MTV, publicado hoje (22 de junho).

“Com a gente, é claro que vamos ter [um público] com muitas crianças que gostavam, sei lá, de 5 Seconds of Summer. Eles entram [nesse público] e percebem: eu posso ficar aqui. Eu posso crescer com essa banda. Essa não é uma moda passageira. Esse não é o Backstreet Boys. Não estão mandando vocês gostarem de nós.”

Apesar do fato de a 5SOS compor a maioria das suas músicas, a referência feita por Healy sobre a banda é mais para invocar a ideia da música pop fabricada e com pouco significado – um aspecto da atual cena do pop sobre o qual ele tanto discute.

“As razões pelas quais fazemos tantas referências aos anos 80 não são determinadas bandas ou músicas específicas. É porque essa era uma época em que a música pop não estava tão sobrecarregada com auto-consciência, medo e cinismo”, disse ele. “Eu sei que a música pop existiu onde [haviam] álbuns como “So” do Peter Gabriel e “Tango in the Night” do Fleetwood Mac – álbuns maravilhosos que quase puderam ser considerados como favoritos do mercado, mas também como trabalhos de credibilidade e com visão de futuro.”

“Isso realmente não existe mais tanto”, Healy continuou. “A música pop agora, se faz sucesso nas paradas, é manchada com falta de credibilidade, ou uma sensação de algo do tipo. Porque, justamente, existe muita merda e as pessoas não sabem do que podem gostar. É realmente difícil conseguir ver o que é uma expressão genuína e o que é apenas uma declaração comercial na música pop. O lance com a música pop, para mim, a única pergunta que eu me permito fazer é: então, você acredita nisso [que está ouvindo]?”

Então ele não acredita na 5SOS?

Vá direto para o site da MTV para conferir a entrevista completa de Healy, onde ele fala sobre a enorme base de fãs feminina do The 1975, suas pretensões e seus sentimentos com relação a internet.

Fonte: Pop Crush
Tradução/Adaptação: Equipe 5SOS Brasil

Temos uma notícia bombástica para vocês, fãs do 5SOS. Ashton Irwin está solteiro!

O maravilhoso baterista estava namorando a linda da Bryana Holly há cerca de um ano e estavam tão apaixonados que ela até deu flores para a mãe do Ash no dias das mães. Infelizmente, ele confirmou em uma entrevista recente que está solteiro. Isso significa que eles terminaram de vez.

Com licença, enquanto eu vou comprar uma passagem só de ida para a Austrália!

Ele não parecia estar feliz sobre o rompimento, enquanto mencionava sobre estar solteiro novamente.

“Ah, eu não tenho mais uma namorada. Sou um lobo solitário, eu sei. Estou por conta própria,” ele disse em uma entrevista a rádio australiana NOVA 95.5fm. O apresentador até perguntou como o relacionamento a distância estava funcionando. Claramente não estava. Nem um pouco.

Mas, o baterista parece que está preparado para voltar ao mercado, ele confirmou já ter usado o aplicativo Tinder uma ou duas vezes.

“Usei uma vez e apareceu o pessoal da equipe, foi bem estranho. Eu dei uma olhada, queria apenas entender como funcionava,” ele admitiu. O Ashton afirmou que não saiu com ninguém do aplicativo, mas talvez ele saia já que agora está solteiro e ficará em sua terra natal por umas duas semanas.

Piadas à parte, estamos bastante tristes por ele. Ele parecia estar tão feliz com a Bryna e, é claro, queremos sempre o melhor para ele.

Entretanto, fazer uma turnê mundial por mais de seis meses não contribui nem um pouco para um relacionamento
duradouro. Pergunte aos meninos do One Direction. Todos eles se deixaram levar pela pressão da carreira musical quando se tratava de seus relacionamentos.

Fonte: Unreality TV
Tradução/Adaptação: Equipe 5SOS Brasil


5SOS BRASIL © 2014 - Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Kézily Correa