#TV5SOSBrasil

MAIS ACESSADOS

AGENDA DE EVENTOS

22

06

TODAY Show | Nova Iorque, Estados Unidos

22

06

zpl Birthday Bash | Indiana, Estados Unidos

23

06

B96 Summer Bash | Rosemont, Estados Unidos

02

08

Zepp | Osaka, Japão

Os interpretes de “Good Girls” abriram o jogo sobre seu próximo álbum

O grupo de pop alternativo 5 Seconds of Summer disse que está ansioso para trocar os shows em arenas por apresentações em casas noturnas em sua próxima turnê.

A banda se apresentará na boate Heaven, com capacidade para 1.600 pessoas, no próximo mês, em seu primeiro retorno a Londres desde seu show com ingressos esgotados na O2 Arena, em 2016.

Os pop-rockers australianos, que já acumularam quase cinco milhões de visualizações em seu último single, “Want You Back”, disseram que uma turnê de shows mais intimistas será um retorno às suas origens.

O vocalista Luke Hemmings contou ao Standard Online: “Escolhemos tocar em locais menores, como o Heaven em Londres e o House of Blues nos Estados Unidos, porque queríamos [que a turnê] combinasse com a nossa nova vibe.”

Take it back: o grupo considera o novo álbum um novo começo

“Queríamos voltar ao começo, quase ao primeiro álbum novamente e tocar um monte de músicas que as pessoas não conhecem.”

“Começar tudo de novo com os produtos de merchandise, o jeito como nos apresentamos e nos vestimos, visuals (vídeos/imagens)… levar tudo de volta, como se estivéssemos no começo de novo.”

O baterista Ashton Irwin também revelou o quanto o seu terceiro álbum, que ainda não foi lançado, levou da banda.

Ele disse: “Basicamente arruinei minha vida por um ano para fazer esse disco de uma maneira muito amorosa e artística. Eu realmente não fiz muitas coisas que beneficiassem a minha vida, não permaneci uma pessoa calma… fiquei procurando freneticamente por músicas e buscando por letras e pelo [nosso] som.”

“Também lidando com uma depressão reprimida, com a ansiedade que nós desenvolvemos e as perguntas que ignoramos por tudo ter acontecido tão rápido, [esse período – depois das turnês e álbuns sem pausas] foi a primeira calma depois da tempestade, foi difícil, você se sente em estado de choque.”

“Eu acho que muitos dos sentimentos e emoções deste álbum estão vindo de um lugar de dor, mas também de compreensão e paciência consigo mesmo. É um álbum engraçado. [Fazê-lo] foi como um escapismo.”

Hemmings adicionou: “Não foi um ano divertido, boa parte dele foi de ligações carregadas de ansiedade de uns para os outros. Seja o que tenha acontecido em 2017, este ano tem sido muito melhor por podermos tirar essas coisas do caminho.”

Ainda falando sobre seu tempo longe dos holofotes, o baixista Calum Hood admitiu que o grupo ficou “exausto” após anos em turnê.

Ele disse: “Estávamos tão exaustos, porque ficamos em turnê [sem parar] por cinco ou seis anos, e acho que [a pausa] foi a melhor coisa que fizemos por essa banda nos últimos cinco anos.”

LOVE YOU

Uma publicação compartilhada por 5 Seconds of Summer (@5sos) em

“Pela longevidade da nossa carreira precisávamos de um tempo e de relaxar, e esse intervalo nos deixou mais famintos do que nunca para fazer a melhor música possível.”

Os cantores de “She Looks So Perfect” contaram como muitas vezes se sentiram restringidos por se limitarem a apenas um gênero musical.

O guitarrista Michael Clifford comentou: “Quando lançamos nossos dois primeiros álbuns o discurso comum pesou: você tem que saber dentro de qual gênero está lançando seu álbum; o que sempre foi incômodo para nós, porque tínhamos traços variados de todos esses gêneros diferentes.”

“Nosso [primeiro] álbum foi muito bem, então pensamos que deveríamos seguir essa norma de seguir um gênero.”

“Sabemos quais são as possibilidades para essa banda agora, levou um tempo, mas estabelecemos quem somos como seres humanos.”

(Assista a entrevista clicando aqui)

Fonte: Evening Standard
Tradução/Adaptação: Fernanda Lima (Equipe 5SOS Brasil)

Deixe seu comentário