Arquivo da categoria: 'Skinny Skinny' Arquivo da tag 'Skinny Skinny'
26
09
Arquivado em: Álbum , Ashton Irwin , Notícias

Ashton Irwin, da banda 5 Seconds of Summer, caminhará sozinho em “Superbloom”, seu primeiro álbum solo.

O cantor, compositor e multi-instrumentista australiano iniciou a gravação do disco em sua casa em Los Angeles em fevereiro, quando a pandemia gerou um período de inatividade inesperado.

Irwin usou a oportunidade para se superar, ao dar um mergulho profundo em sua própria vida e experiências.

View this post on Instagram

It is with a great explosion of joy and with my entire soul that I am proudly announcing to you all that I am releasing my first solo record. The album explores my inner philosophies and feelings about the walk of life I have found myself on. I’m ridiculously excited to share this with you, it feels like this record has been over a decade in the making. It brings me the greatest joy of all that I am in a band that allows me to create freely inside and outside of it. I can’t wait for you to hear it. You can pre-order my debut solo album ‘Superbloom’ out October 23rd everywhere tonight. Pre-save now from the link in my profile. The first single “Skinny Skinny” is out everywhere tonight at 9pm PT. We must fight against a common darkness that shadows our ability to live truthfully, to live without self doubt, and without self destruction and love ourselves for what we are. When writing “Skinny Skinny” I first thought of myself, and many other young peoples struggles with body image and particularly body dysmorphia. It’s something I’ve never confronted in a creative form and I am feeling strong in saying “Skinny Skinny” goes directly to that painful place in my mind.

A post shared by Ashton Irwin (@ashtonirwin) on

O resultado, explica em um comunicado, é um álbum “profundamente pessoal, evocativo e intransigente”, com 10 faixas que exploram sua infância, alcoolismo, depressão, dismorfia corporal, morte, vício, desespero e esperança.

“Eu tive que atingir um certo nível de maturidade lírica para escrever sobre coisas com as quais realmente me importava”, diz ele. “Como artista, acho que é sempre importante ter em mente a sua missão, tipo,‘por que você faz música? Por que escreve as letras que escreve?'”

“Superbloom” tem estreia prevista para 23 de outubro. O seu primeiro single é “Skinny Skinny”, uma amostra inteligente de folk-pop inspirada por uma conversa que o músico teve com o irmão adolescente sobre imagem corporal.

Assista ao clipe “Skinny Skinny”, liberado na quinta-feira, na íntegra abaixo.

O novo trabalho de Irwin teve a aprovação de seus companheiros de banda. “Eu não fiquei com medo porque disse a mim mesmo, ‘confie em si mesmo, você está orgulhoso deste álbum e sabe que esses caras são seus melhores amigos e eles vão entender'”, explica ele. Apresentar o álbum para os rapazes “foi incrível, fiquei feliz em mostrar a eles”.

O grupo de pop-rock de Sydney é uma recordista na Billboard 200: cada um de seus três primeiros álbuns chegou ao primeiro lugar da lista. O quarto e mais recente, “CALM”, estreou em segundo lugar na parada de álbuns nacional em abril deste ano.

Tracklist de “Superbloom”:

Scar
Have U Found What Ur Looking For
Skinny Skinny
Greyhound
Matter Of Time
Sunshine
The Sweetness
I’m To Blame
Drive
Perfect Lie

Fonte: Billboard
Tradução/Adaptação: Fernanda Lima (Equipe 5SOS Brasil)

26
09
Arquivado em: Álbum , Ashton Irwin , Notícias

Ashton Irwin, da banda 5 Seconds of Summer, ficou parecido com um saco de tangerinas ao posar alegremente com uma regata de tela laranja para divulgar seu primeiro projeto solo.

O cantor de “Youngblood”, de 26 anos, escreveu uma canção sobre dismorfia corporal após ter sido inspirado pelas preocupações de seu irmão mais novo, que tem apenas 15 anos de idade, com a própria aparência.

Ao falar sobre o single “Skinny Skinny”, Ashton disse: “Ele já está muito preocupado com como o próprio corpo deveria ser. Achei que isso é algo muito difícil para um jovem enfrentar. Precisei escrever uma música que capturasse a dor da dismorfia corporal.”

O músico admite que o álbum “Superbloom” trará mais dor e tristeza quando for lançado no mês que vem, pois ele tocará em assuntos como “alcoolismo, depressão e morte” – mas insiste que haverá um pouco de esperança, também.

Fonte: Metro (UK)
Tradução/Adaptação: Fernanda Lima (Equipe 5SOS Brasil)





Atualizações da galeria
Apoio