Na tarde desta quinta-feira (07/10), uma notícia agitou a 5SOSFamily e deixou todos com o coração a mil – no bom sentido, é claro. Isso porque a 5SOS assinou contrato com uma nova gravadora, a BMG, e uma nova era nunca foi tão real. Mas afinal, você sabe o que isso realmente significa?

Para os fãs que não conhecem a fundo o universo musical, ele tende a ser um mundo mágico, no qual tudo é belo. Porém, basta apenas algumas pesquisas para entender que as coisas não são tão perfeitas assim, que com o tempo muitos artistas perdem sua liberdade criativa e até mesmo o direito por sua arte.

Um dos casos mais notórios sobre problemas com gravadoras foi o da cantora Taylor Swift, que viu os direitos de suas músicas caírem nas mãos de Scooter Braun quanto ele adquiriu a Big Machine Records. Segundo a dona do hit “Shake It Off”, nem em seus piores pesadelos ela poderia imaginar que uma coisa dessas aconteceria!

E é justamente aí que entra um dos motivos que fazem com que a BMG se destaque de muitas outras gravadoras do mercado: a companhia foca seus esforços em olhar para a perspectiva do artista e do compositor, permitindo que eles mantenham a propriedade de seus masters, que são as gravações originais de suas canções, o que os dá direito de decidir onde elas serão usadas, como serão usadas e ainda maior porcentagem nos ganhos financeiros gerados por elas.

O que muda no novo contrato?

A ligação entre a 5SOS e a BMG funcionará como uma espécie de parceria, na qual a independência da banda será mantida. Desse modo, a 5 Seconds Of Summer irá atuar tanto como criadores quanto como empresários, tendo a oportunidade de construir patrimônio e possuir os ativos de toda a sua produção.

Vale destacar que a BMG foi a primeira grande gravadora que removeu a cláusula “controle da composição” de todos os seus contratos, tornando-os mais justos para os artistas. Na época que a notícia foi divulgada, Hartwig Masuch, CEO da companhia, comentou:

“É inaceitável que a indústria musical continue aplicando termos de acordo que são unicamente desenhados para reduzir a renda dos músicos (…) A melhor forma de apoiar artistas é não os sujeitar a termos injustos em primeiro lugar”.

E aí, o que acharam dessa nova parceria?

Texto: Larissa Rhouse (Equipe 5SOS Brasil)

Compartilhe esse post:
Você pode gostar de ler também

Deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Atualizações da galeria
Apoio