24.07.15
Mercury News: 5 Seconds of Summer não será a ‘próxima One Direction’
Postado por Fernanda Lima
Compartilhe

É tempo para parar de se referir à 5 Seconds of Summer como uma “boy band”.

É realmente apenas uma banda de modern-rock/pop… e uma melhor do que muitas você talvez ache.

Claro, eu não tenho que vender isso para os mais de 11.000 fãs que vieram para ver o quarteto australiano – vocalista-guitarrista Luke Hemmings e Michael Clifford, baixista-vocalista Calum Hood e baterista Ashton Irwin – no Concord Pavilion na terça-feira.

Aqueles seguidores assíduos – maioria meninas adolescentes e pré-adolescentes – já sabem que esses quatro garotos tem muito a oferecer musicalmente.

Ainda que existam outros que provavelmente não deram à 5 Seconds of Summer (5SOS) uma chance real, possivelmente por causa da tag “boy band” que é tipicamente anexada ao nome do grupo.

Mais, esses quatro garotos – que estavam agendados para performar na quarta-feira na Shoreline Amphitheatre em Mountain View – não fazem danças ou cantam músicas que soam como se eles devessem apenas tocarem na Rádio Disney. Ao invés disso, eles tocam instrumentos – e tocam eles muito bem. E a música deles parece se adequar a uma faixa etária bastante ampla.

Claro, 5SOS basicamente chegou à fama como show de abertura para a One Direction, e assim veio a ser conhecido por muitos como “a próxima One Direction”. Porém, tem muito pouco na 5SOS que faz você lembrar da One Direction. Como uma entidade musical, 5SOS tem muito mais a oferecer do que One Direction. Eles têm um melhor livro de músicas e performances no palco. E, enquanto a One Direction provavelmente já atingiu o pico como atração musical, 5SOS deve apenas melhorar. Este é, depois de tudo, a primeira turnê da banda em arenas como atração principal.

Na sequência de uma abertura feita pela banda pop Hey Violet (anteriormente conhecida como Cherri Bomb), 5SOS inicou a performance com uma corrida turbulenta através de “End Up Here” e seguiu à direita com “Out of My Limit” e “Voodoo Doll.”

É claro que, a banda, que inciou em 2011, não tem um catálogo profundo, com apenas um álbum de estúdio, e um seguinte ao vivo.

O corrente principal da música é modern rock e pop ‘amigo das rádios’, realmente maravilhoso, mas sempre sólido. Isso parecia familiar e seguro, o que é, geralmente, uma receita infalível para o sucesso na música nos dias de hoje.

O sim foi algumas vezes recordativo, mas não correspondente, a outras bandas. O grupo alternativamente parecia como Jimmy Eat Worl, sem os ganchos afiados; Blink-182, sem o humor com palavrões; Weezer, sem Rivers Cuomo. O grupo também mostrou o lado Green Day deles, já que eles tocaram um fantástico cover da lengedária tropa de East Bat “American Idiot”. Seria de esperar que os garotos da 5SOS percebessem que eles estavam executando a melodia – que tem sido um marco na setlist desta turnê – no Hall da Fama do Rock and Roll no quintal da banda.

A banda fechou a setlist principal com a performance do novo single “She’s Kinda Hot”, que é uma das melhores músicas da banda atualmente, e a arrasadora “She Looks So Perfect”.

Num todo, o concerto ilustrou o porque a 5SOS não vai viver das previsões e se tornar a próxima One Direction. Mais, é também destacado porque os fãs deveriam estar OK com esse resultado.

Fonte: Mercury News
Tradução/Adaptação: Equipe 5SOS Brasil

5SOS Brasil | 2012 - 2024
Acompanhe nas redes sociais:
Desenvolvido por Maria Nunes e Uni Design. Host: Flaunt Network | DMCA | Privacy Policy.