“Tem altos enormes e baixos também enormes,” disse Ashton.

O quarteto nos deu um pequeno teaser do clipe, e nele, nós podemos ver os meninos vestidos com casacos de pele, óculos grandes enquanto eles dançam em torno de dinheiro.

Enquanto a banda – Luke, Michael, Calum e Ashton – parece se divertir na tela, não têm sido tão fácil para o grupo australiano, que descobriu que mesmo com tanto sucesso, eles ainda não estavam totalmente felizes.

“Eu disse ao Luke “eu estou depressivo, e eu odeio isso,” Ashton disse ao The Daily Telegraph sobre o que ele estava sentindo em sua recente turnê. “Nós estamos em turnê por cinco meses, eu estou vivendo fora desse pedaço de m**da dessa mala com apenas três rodas.”

Eu fui um pouquinho mais fundo do que apenas ter uma mala quebrada. Foram contáveis horas na estrada, longe de casa e não tendo ninguém além de uns aos outro, entendendo o que eles estavam passando.

“Nós tentamos conversar uns com os outros e tentar ajudar uns aos outros. Você percebe que tem altos enormes e baixos também enormes. E isso fica cansativo, sabe,” Ashton disse. “Com relacionamentos, é difícil. As pessoas esquecem de você em casa, porque você está há tanto tempo longe que se torna essa coisa onde você só tem que continuar seguindo em frente e não sair dos trilhos.”

Agora eles estão canalisando aqueles sentimentos em seu novo album, Sounds Good Feels Good ( 23 de outubro), especialmente na faixa “Carry On,” que está “diretamente dizendo, você sabe, que vai melhorar.” Mas os meninos não estão só escrevendo músicas para eles mesmos, eles estão escrevendo para os milhares de fãs que podem estar se sentindo exatamente do mesmo jeito.

“Nós estamos tentando trazer aos nossos fãs o que eles precisam em suas vidas. Eu acho que toda essa idade nomeando fã base é um pouquinho maçante, chato e superficial, é só uma hashtag,” Ashton disse. “Eu quero que as pessoas sintam algo. É mais sobre conectar eles com a gente. Nós criamos 14 personagens no album e esses personagens são pequenos pedaços de nós e o que sentimos nas músicas. É uma coisa real e honesta que queremos ser mais do que uma banda para nossos fãs.”

Seu segundo álbum não é todo sobre trevas, é sobre espalhar a positividade e conscientização para sua New Broken Scene.

“The new broken scene não é essa grande coisa triste onde todo mundo é triste,” Luke disse. “É uma coisa positiva para mim, é por isso que nós chamamos o álbum de Sounds Good Feels Good.”

E com sua honestidade e abordagem rock n’ roll, eles admitem que alguns dos fãs que podem ter se apaixonado por eles quando eles lançaram “She Looks So Perfect” pode não estar totalmente a bordo agora, e para eles tudo bem.

“Com o novo álbum nós quisemos ter certeza que nossos fãs nos entendessem. Eles entendem. E talvez agora algumas pessoas estejam dizendo essa banda não é para mim,” Michael disse. “Evidentemente várias pessoas chegou até nós pelo 1D. Agora, para algumas dessas pessoas, nós não somos a banda que eles pensaram que fossemos. Havia uma percepção estranha de nós quando nós surgimos, e isso é justo. Nós sabíamos para quem nós estávamos tocando e nós não mudaríamos isso por nada.”

Fonte: MTV
Tradução/Adaptação: Equipe 5SOS Brasil

19/10/15 | Notícias
Compartilhe esse post:
Você pode gostar de ler também

Deixe seu comentário



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.



Atualizações da galeria