Quando a 5 Seconds of Summer nomeou seu quarto álbum de estúdio, ‘CALM’, que será lançado na sexta-feira, a banda não fazia ideia do quanto essa qualidade seria necessária no mundo hoje.

“O título do álbum veio das primeiras letras de todos os nossos nomes”, diz o vocalista Luke Hemmings, 23, dos colegas de banda Calum Hood (baixo), Ashton Irwin (bateria) e Michael Clifford (guitarra). “E também é uma homenagem aos nossos fãs que nos deram esse apelido no início da banda. Eles usam esse acrônimo há muito tempo. Isso só resume [que] estamos um pouco mais velhos e um pouco mais sábios… Mas foi nomeado antes que isso acontecesse, obviamente.”

É claro que Hemmings está se referindo à crise do coronavírus que abalou o mundo – e que certamente mexeu em seus planos de lançamento de ‘CALM’, já que cada um dos discos anteriores da banda pop-rock australiana estreou em primeiro lugar no ranking de álbuns da Billboard. “Nós íamos viajar o mundo inteiro, fazer todo tipo de coisa [para divulgá-lo] e então, não pudemos”, diz ele. “Mas, honestamente, queríamos muito que o álbum saísse logo. Esperamos muito tempo para ele ser lançado.”

Enquanto Hemmings fica em casa em Los Angeles, ele se comunica com seus colegas de banda – que também vivem em LA – por meio do Zoom. E ele encontrou alguns pontos positivos em ter essa pausa nos planos do grupo. Sobre suas caminhadas diárias com sua namorada, Sierra Deaton, ele conta: “As pessoas têm mais tempo para dizer ‘olá’ ou sorrir. Em uma época tão tensa e incerta… todo mundo parece ser um pouco mais gentil.”

A banda fez uma parceria com o aplicativo Calm para lançar quatro remixes exclusivos de faixas do álbum – ‘Easier’, ‘Old Me’, ‘Red Desert’ e ‘Best Years’ – pensados para relaxar seus nervos. Hemmings diz que já era fã do aplicativo. “É uma ferramenta que eu uso para ajudar com minha própria saúde mental”, diz ele, pontuando que seus recursos favoritos são “as meditações passo a passo e outras coisas para dormir. As histórias para dormir do Matthew McConaughey são muito boas.”

Quanto à forma como ele se mantém calmo, Hemmings conta: “Eu tento me exercitar todos os dias, porque infelizmente isso está extremamente ligado à sua saúde mental. Digo ‘infelizmente’ por conta da minha preguiça.”

Fonte: New York Post
Tradução/Adaptação: Fernanda Lima (Equipe 5SOS Brasil)

26/03/20 | Álbum , Calm , Notícias
Compartilhe esse post:
Você pode gostar de ler também

Deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Atualizações da galeria
Apoio